Violoncelista de renome internacional se apresenta no museu de Congonhas

O violoncelista Antônio Meneses, um dos mais renomados e talentosos da música contemporânea, e a pianista Celina Szrvinsk farão no Museu de Congonhas, na próxima quarta-feira, 30 de agosto, às 20h, a última apresentação da Série de Concertos Coloniais. O evento faz parte do Mês do Aleijadinho e do Circuito Cultural dos Museus de Congonhas. O ingresso tem o valor de R$2,00 e já pode ser adquirido na recepção do Museu.

 

O pernambucano Antônio Meneses é vencedor de duas das mais importantes competições de música, o ARD de Munique, em 1977, e o Tchaikovsky de Moscou, em 1982, e recebeu da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) o título de Doutor “Honoris Causae”. Atualmente, é professor no Conservatório de Berna, na Suíça, e toca o violoncelo do luthier vienense Matteo Goffriller (1659–1742), produzido em Viena, no século XVIII.

Celina Szrvinsk, além de curadora da "Série de Concertos Coloniais do Museu de Congonhas", é doutora em música pela Escola Superior de Música de Karlsruhe, na Alemanha, e professora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) desde 1985. O CD que gravou em 2005 foi aclamado pela crítica especializada como uma dos melhores daquele ano. Com Antônio Meneses, ela já se apresentou na Itália, Estados Unidos, Colômbia e Equador.

 

Fonte (Comunicação Museu de Congonhas)