Os 260 anos de devoção ao Bom Jesus serão lembrados na Semana Santa de Congonhas

Congonhas celebra, este ano, os 260 anos da devoção ao Senhor Bom Jesus e os 200 anos da devoção a São José Operário. É neste cenário criado pela fé que a Semana Santa de Congonhas se consolida como uma das mais tradicionais do Brasil. Em meio às figuras que compõem as cenas da Paixão de Cristo, encontradas nas Capelas dos Passos, e as dos Profetas, no Adro da Basílica, esculpidos por Mestre Aleijadinho, como também em todo o eixo histórico que liga o Santuário à Igreja Matriz de N. Sra. da Conceição, as tradicionais encenações e procissões celebram a morte e a ressurreição de Cristo, atraindo milhares de fiéis e até turistas religiosos. A programação conta, ainda, com missas e sermões.

O evento é realizado pela Igreja Católica, sob coordenação da Paróquia de N. Sra. Da Conceição, com apoio da Prefeitura de Congonhas e da Gerdau. Uma grande estrutura de som, iluminação e palcos será montada para as celebrações.Além disso, cerca de 250 atores e figurantes darão vida à história de Cristo, em um cenário único, elevado a Patrimônio Cultural Mundial pela UNESCO.

Sermão da Montanha

Este ano, o 20º Sermão da Montanha acontecerá no dia 15 de abril, Sábado de Aleluia, às 20h, na Romaria. O evento, que tem apoio da Prefeitura de Congonhas e da Fumcult, irá contar com a participação do pastor e cantor André Valadão, e do pastor Lucinho Barreto. Artistas da cidade e da região também vão se apresentar.

Baixe a programação: https://goo.gl/3Bs72j

Fotos: Mauro Fernandes Barros

Fonte ( SECOM)