Titane e Túlio Mourão continuam a gravação do Especial Rede Minas em Congonhas

Sob o olhar dos Profetas de Aleijadinho, os músicos mineiros Titane e Túlio Mourão retornam a Congonhas, no mês em que se comemora o aniversário do Mestre do Barroco, para mais uma etapa de gravações do Especial “Paixão e Fé” da Rede Minas. Nesta quarta-feira, 2, os músicos gravaram um bate papo e a noite, com a presença de figurantes, a cantora encenou uma de suas músicas. As gravações continuam nesta quinta-feira, 3.

O programa é derivado do disco homônimo, também gravado na cidade, que usa como plano de fundo o maior desastre ambiental do Brasil, o rompimento da Barragem de Fundão, em Mariana, para derramar poesias sobre um quadro de incertezas e antagonismo diante da atividade mineradora.

Os artistas encontraram na Cidade dos Profetas, povoada pela rica arte barroca e vítima da atuação implacável da mineração, o cenário ideal para reverberar o objetivo central desta produção artística.

O Santuário do Bom Jesus de Matosinhos, que integra o Circuito Cultural dos Museus de Congonhas, foi o palco escolhido pela emissora para registrar ao vivo as canções do álbum na etapa de gravações concluída em março deste ano. Agora, serão registradas imagens externas que documentam o rico patrimônio cultural de Congonhas, e as paisagens naturais redesenhadas pela ação do tempo e pela exploração do homem.

Para a concretização desse trabalho, uma grande estrutura foi preparada com o envolvimento de dezenas de profissionais, músicos, atores e artistas diversos. O Especial será exibido em novembro deste ano, quando será lembrado os 2 anos do rompimento da Barragem de Fundão.

Fonte (Comunicação Museu de Congonhas)