Pianistas renomados abrem a Série de Concertos Coloniais do Museu de Congonhas

Celina Szrvinsk e Miguel Rosselini abriram a Série de Concertos Coloniais do Museu de Congonhas na quarta-feira, 22. Com o belíssimo espetáculo piano a 4mãos o duo encantou o público com o repertório que incluiu Mozart, Fauré, Ravel, Aílton Escobar, Villa Lobos, entre outros. Os concertos acontecerão de março a agosto, sempre nas quartas-feiras. No dia 3 abril se apresentam as coreanas do Kim Trio e no dia 30 de agosto o violoncelista Antônio Meneses.

“Cada um de nós tem uma trajetória como pianista e começamos há 33 anos a nossa história com a música. Acredito que nosso duo seja o mais antigo do Brasil. Já nos apresentamos em muitos concertos do Brasil e do mundo, além também de termos tocado em cidades do interior. Congonhas é uma cidade que atrai muito pela sua importância e pela sua história. O Museu de Congonhas e a cidade estão bem amparados o altíssimo nível da programação cultural para este ano”, disseram Miguel e Celina.

Celina e Miguel já se apresentaram nas principais salas de concerto do Brasil e no exterior, como Alemanha, Suíça, Itália, Canadá, Rússia e Japão. Como solistas, já atuaram com as seguintes orquestras: Sinfônica Estadual de São Paulo, Sinfônica de Minas Gerais, Filarmônica de Minas Gerais, Sinfônica de Campinas, Filarmônica de Goiás, Sinfônica da USP, Sinfônica Nacional, Filarmônica de Câmara da Polônia, Filarmônica de Baden-Baden e Bach-Orchester Herzogtum-Lauenburg. Em parceria com conceituados músicos, integram frequentemente inúmeras outras formações camerísticas.

Fonte (Comunicação Museu de Congonhas)