Museu de Congonhas relembra a apresentação de grandes nomes da cultura brasileira em programação virtual desta semana

Educação Patrimonial, valorização da arte, da história e da Cultura, esses são os pilares que sustentam o Museu de Congonhas desde a sua abertura. Muito mais que um simples Museu, a instituição se tornou um importante Centro Cultural para a região, e nesses mais de 4 anos de funcionamento, já recebeu grandes nomes da cultura brasileira, seja na música, na dança, artes plásticas, teatro e cinema.

Para relembrar a passagem destes ilustres convidados pela Cidade dos Profetas, a programação virtual #MCoEmcasa desta semana, entre os dias 22 e 27 de junho, será dedicada a eles. Nomes como Toninho Horta, Erasmo Carlos, Toni Belloto, Tony Garrido, Zélia Duncan, Matheus Nachtergaelek, Danilo e Alice Caymmi, Arnaldo Antunes, João Bosco, o saudoso Morais Moreira, além de atrações internacionais, como o Kim Trio, fazem parte da história do Museu de Congonhas.

Fotos e vídeos destes momentos serão postados e repostados nas redes sociais da intuição, no Facebook (@museudecongonhas) e Instagram (@museusdecongonhas) diariamente. Quem teve a oportunidade de estar presente nesses momentos poderá deixar o seu depoimento sobre o evento, já quem não pode participar vai sentir um pouco do clima especial de cada uma das participações.

Todas estas ações fazem parte da programação virtual do Museu de Congonhas #MCoEmCasa. Com o projeto, o Museu de Congonhas já alcançou centenas de milhares de pessoas nesta quarentena. A ampla agenda cultural, em 2020, conta com patrocínio da Vale, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.