Série de Concertos Coloniais apresenta duo de flauta e piano na próxima quarta-feira

 

No dia 28 de junho, às 20h, o Museu de Congonhas recebe mais um espetáculo da Série de Concertos Coloniais, com a flautista Milítza Franco e o pianista Maurício Veloso. Os ingressos custam R$2,00 e podem ser adquiridos na recepção do Centro Cultural.

 

O repertório do Duo Intrumentalis inclui diversas obras representativas da literatura musical erudita para flauta e piano, de Johann Sebastian Bach a Henri Dutilleux, passando por Francis Poulenc, Osvaldo Lacerda, Cécile Chaminade, César Franck, Gabriel Fauré, Villa-Lobos, entre outros. Compositores que transitam entre o erudito e o popular, tais como Pattápio Silva, Astor Piazzolla e Antônio Carlos Jobim, também figuram no repertório, como parte de um trabalho constante e abrangente de pesquisa e renovação artística.

 

O Duo Instrumentalis já trabalhou em diferentes projetos com outros musicistas mineiros, como Cláudio Urgel (violoncelo), Max Teppich (violino), Vito Duarte (oboé); em 2016 apresentou, em sete diferentes ocasiões e locais, recital em homenagem aos 110 anos de nascimento do compositor brasileiro Radamés Gnattali, em parceria com o violonista Celso Faria, com quem continua a colaborar artisticamente. Seu primeiro CD – “Duo Instrumentalis”, lançado em 2012, com obras de Debussy, J. S. Bach, Saint-Säens, Fauré, Oiliam Lanna e Schubert, foi produzido com os benefícios da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte e tem sido recebido com muito entusiasmo pelo público.

Fonte (Comunicação Museu de Congonhas)