Titane e Túlio Mourão firmam parceria com o Museu de Congonhas

A cantora Titane e o pianista Túlio Mourão estiveram nesta quinta-feira, 6, reunidos com o Diretor Presidente da Fundação Municipal de Cultura Lazer e Turismo (Fumcult) e Diretor do Museu de Congonhas, Sérgio Rodrigo Reis. O objetivo do encontro foi para firmar uma parceria entre a cantora e o museu para a gravação de seu próximo disco. A cantora se apresentou no local este ano.

“Temos aqui dois dos maiores artistas do Brasil que optaram por Congonhas para gravar esse disco. Eles escolheram a cidade por tudo o que ela oferece, por essa atmosfera de arte e cultura que respiramos aqui todos os dias”, enfatizou Sérgio Rodrigo.

Gravação do disco

Titane e Túlio Mourão irão gravar um duo (voz e violão) em Congonhas, na Romaria, em que será gravado o áudio e depois realizado o lançamento. Segundo Túlio Mourão a escolha da gravação em Congonhas terá um diferencial, com um conteúdo mais emocional e de motivação. “O ambiente desse lugar (Romaria) é carregado de história e trará uma outra via de crescimento e estética ao cd”, disse o pianista”.

A cantora também explicou o motivo de ter escolhido a cidade. “Escolhemos a Romaria para aproveitarmos a beleza do som da sala e pretendemos mexer o mínimo possível na voz e no som do piano, deixando o disco bem natural”.

Repertório

O repertório será baseado em canções que a cantora e o pianista gostam e que ainda não entraram no repertório individual dos dois. O disco terá também um número expressivo de compositores mineiros, como por exemplo, Milton Nascimento.

Fonte (Comunicação Museu de Congonhas)