Museu de Congonhas prepara mediação virtual completa para quem ainda não conhece a instituição

Desde que precisou suspender as atividades para ajudar na prevenção da disseminação do Covid 19 (CORONAVÍRUS), o Museu de Congonhas tem buscado soluções para se manter em funcionamento, ainda que de maneira virtual. Seja relembrando os eventos mais importantes, oferecendo dicas de entretenimento para os amantes da história e da arte, interagindo com os internautas ou lançando séries inéditas, como as que retratam o Jubileu do Senhor Bom Jesus e a Semana Santa.

Agora, a instituição está preparando um passeio completo pela sua expografia, com uma série de 27 vídeos, fazendo uma Mediação Virtual e ministrando as principais oficinas que fazem a alegria das crianças no dia a dia da instituição. Os vídeos vão ao ar todas as segundas e quartas-feiras e estão disponíveis nas páginas do Facebook (@museudecongonhas), Instagram (@museusdecongonhas) e site da instituição (www.museudecongonhas.com.br).

A Mediação Virtual não é uma simples visita pelo Museu, é um passeio recheado de informações que inclusive extrapolam o conteúdo em exposição. Os vídeos vão tratar de assuntos como o conceito de Museu de Sítio, a devoção de Feliciano Mendes, o Santuário compreendido como um ex-voto, o iconografia do Bom Jesus de Matosinhos e a presença do santo em Minas Gerais, as Capelas dos Passos, os Profetas, Aleijadinho entre tantos outros temas compreendidos nos eixos devocional, histórico e patrimonial de Congonhas.

Já as oficinas escolhidas para serem ministradas on-line são aquelas que podem ser feitas com materiais que as crianças encontram facilmente em casa.  As atividades que ganharão versão virtual são “Práticas de fé: Oratórios devocionais”, “Meu postal de Congonhas”, “Minha Camisa do Museu”, “Teatro de Sombras – Minha Cidade dos Profetas”, “A Dama dos Profetas” e “Os Aprendizes do Mestre Ataíde”. Os internautas que participarem serão convidados a divulgar os produtos confeccionados nas redes sociais da instituição.

Além destas ações, as sextas-feiras a noite serão dedicadas a tirar dúvidas e promover um diálogo sobre o material publicado na semana com lives, transmitidas pelo Instagram, realizadas com a equipe do Setor Educativo do Museu de Congonhas.