Semana de Museus: Cultura, devoção e história

Promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), em comemoração ao Dia Internacional de Museus, celebrado no dia 18 de maio, os Museus de Congonhas e da Ladeira sediam a 15ª Semana Nacional de Museus, de 15 a 21 de maio. A agenda cultural será intensa e oferecerá ao público espetáculos artísticos, visitas guiadas, oficinas, caminhada, exibição de documentário e muito mais.

Mais de mil museus de todo o Brasil oferecem ao público uma programação cultural variada neste período. Este ano o tema abordado será “Museus e histórias controversas: dizer o indizível em museus”. Em Congonhas o evento integra a programação do Circuito Cultural dos Museus e comemora os 260 anos de devoção ao Senhor do Bom Jesus de Matosinhos.

A abertura em Congonhas, acontece na segunda-feira, 15, às 20h, no Museu da Ladeira, com o “Prosa na Janela”. Nas janelas e portas do casarão que abriga o museu, o Grupo Dez Pras Oito encenará o espetáculo “Histórias da Minha Terra”. O artista Átila Caiafa e seus convidados também farão uma apresentação de voz e violão.

A programação continua no dia 16 com o lançamento da “Gincana dos Museus”, às 10h, em frente à Basílica do Senhor Bom Jesus, e contará com a presença de alunos de toda a cidade.

Outro destaque da programação serão as oficinas de Escultura em Barro e de Confecção de Velas e Terços Artesanais, que serão ministradas nos dias 18 e 20.

No dia 19, será feita uma visita ao Museu da Ladeira e às ruinas da Fazenda do Faria, local onde nasceu Zé Arigó. Será realizado também um bate-papo com seus familiares e produção de desenhos e frases alusivas ao tema.

 

Confira a programação completa:

 

15 de maio: Abertura da Semana de Museus 20h - Pronunciamento sobre "Congonhas: Cidade de Devoção e Fé", pelo diretor dos museus o jornalista Sérgio Rodrigo Reis, dando destaque às manifestações religiosas à Sagrada Família, que está representada no percurso histórico, cujos museus estão inseridos.  

 

Prosa na Janela

Nas janelas e portas do Museu da Ladeira os artistas locais apresentarão peças curtas e músicas tradicionais, evocando casos, histórias e temas relativos à cidade e seus personagens.

Local: Museu da Ladeira

 

16 de maio: Visita ao Museu da Ladeira– 8h

Visita à Exposição Arigó, acompanhada por Sydney Wenceslau de Freitas.

 

Lançamento da Gincana dos Museus – 10h

Local: Em frente à Basílica

 

16 a 19 de maio: Visitas Guiadas – 9h e 13h

Visitas mediadas com o público agendado e espontâneo ao Circuito de Museus (Sítio Histórico, Museu de Congonhas e Museu da Ladeira).

 

15 a 21 de maio: Coleta de Depoimentos - 8h às 18h

Veiculação de depoimentos sobre os personagens conhecidos e desconhecidos que fizeram e fazem a história da cidade.

 

15 a 21 de maio: Coleta de Depoimentos – 8h às 18h  

Veiculação de depoimentos sobre os fazeres sagrados relacionados à fé (terços, velas, ladainhas, novenas)

 

18 de maio: Oficina de Escultura em Barro - 8h às 17h

Após visita à Sala dos Milagres e à Coleção Márcia Moura, os participantes serão orientados a reproduzir em argila suas impressões e interpretações individuais sobre estas manifestações da fé.

Local: Museu de Congonhas (ateliê)

 

19 de maio: Visita ao Museu da Ladeira e Caminhada Ruína da Fazenda do Faria – 8h às 11h

Visita ao Museu da Ladeira e às ruinas da Fazenda do Faria acompanhada por Eli de Freitas.

 

20 de maio: Oficina de Confecção de Velas e Terços Artesanais – 8h e 14h

A confecção de velas em cera e terços em contas de lágrimas busca reproduzir os fazeres ligados às tradições artesanais de cunho religioso e ressignificar a diversidade cultural local.

Local: Museu de Congonhas (Ateliê)

 

21 de maio: Exibição do Documentário “A FÉ AO BOM JESUS DE MATOSINHOS” - 11h

Apresentação e comentário do documentário “A Fé ao Bom Jesus”, realizado pelo repórter Eliaquim Araújo, durante a celebração do Jubileu do Bom Jesus no ano de 1981, em Congonhas.

Local: Museu de Congonhas

Fonte: Comunicação Museu de Congonhas )